Iniciamos o capítulo “O Primeiro Ponto: As Preliminares”, na página 19.<br/ >

Em determinado ponto do estudo surgiu o tema do autocentramento.
Comentei um trecho do lindo livro do Karmapa, “The Heart is Noble: Changing the World from the Inside Out”.
 

 

“O desafio é encontrarmos um equilíbrio entre o que queremos para nós mesmos e o que queremos para os outros. Encontrar esse equilíbrio requer que pensemos bem a respeito do que queremos para nós. Com isso quero dizer que se o que quiser para si mesmo for fortemente autocentrado, não será possível alcançar esse equilíbrio. Isso porque você é apenas uma parte da sua vida. Assim sendo, você precisará necessariamente levar os outros em consideração. Seus próprios interesses e a sua própria vida só estarão em equilíbrio quando incluírem o seu próprio bem-estar e o dos outros. Qualquer ação virtuosa inclui necessariamente o desejo de beneficiar outros. Se uma ação for egocêntrica será extremamente difícil encontrar e manter esse equilíbrio. É claro que você precisa cuidar de si mesmo, mas não desconsiderando os outros. Sua realização não pode se dar às custas dos outros.”
 
Aqui vai o nosso encontro gravado: