Prática de Avalokitesvara

ESTÁGIO DA GERAÇÃO

A SPACIOUS PATH TO FREEDOM – Karma Chagmé

                     Estátua de Avalokitesvara – Lama Tzongkhapa Institute – Toscana

 

 

De forma geral, é necessário receber uma iniciação para praticar o Mantra secreto (Vajrayana), e seria inapropriado praticá-lo sem tê-la recebido. No entanto, de acordo com o Mahasiddha Karma Paksi, neste Darma público de Jinasagara, que foi profetizado e oferecido por Avalokitesvara, é apropriado ainda que você não tenha recebido uma iniciação. Para aqueles que não receberam iniciação, que não receberam transmissão oral e que não completaram o treinamento no Darma com um mestre, possam as bênçãos serem as mesmas que as dadas pelo Grande Ser Compassivo. Isto está declarado na Sadhana de Jinasagara, o Grande Ser Compassivo do Karmapa:

“Que todos copiem isto. Pratiquem. Concedam a iniciação. Atendam amplamente as necessidades de outros com este Darma público. Pelas bênçãos dos mentores espirituais, das deidades escolhidas e das Dakinis, mesmo sem receber as transmissões orais, possam todos que as copiarem e as virem terem as necessidades próprias e de outros atendidas como o sol nascente.”

O Darma público do Abençoado, o Grande Ser Compassivo, deve ser cultivado como o estágio da geração depois que o espírito do despertar (bodicita) tiver sido cultivado. Imagine uma sílaba branca Hrih como a sílaba da sua consciência. Da sílaba Hrih são emanados raios de luz branca nas dez direções, atingindo todos os seres e assim purificando suas ofensas e obscurecimentos. Em seguida, imagine vividamente o reino do universo externo e todos os seres sencientes que o habitam como o Grande Ser Compassivo. Trazendo os raios de luz de volta, eles se dissolvem na sílaba Hrih. Como resultado, a sílaba Hrih sobre um assento de lótus, sol e lua dissolvem-se na luz, a partir da qual você imagina a si mesmo como o Grande Senhor Compassivo.

Como você é? Seu corpo é branco, com uma face e quatro braços. Você está sorrindo como um lótus desabrochado. As mechas de seus cabelos estão presas em tranças, e estão adornados com cinco tipos de substâncias preciosas. Você usa um diadema de seda. As palmas das suas duas mãos superiores estão unidas em seu coração. Na sua mão direita inferior você está desfiando um rosário de pérolas, e na sua mão esquerda inferior você segura a haste de uma flor de lótus. Você está adornado com três fitas ao redor de seu pescoço, composto de várias substâncias preciosas. Você está sentado, com as pernas cruzadas. Visto de fora, você é internamente luminoso e visto de dentro, você é externamente luminoso. Imagine que vários raios de luz irradiam de seu corpo. Esta visualização é a geração do samayasattva.
Para a visualização do samadhisattva, imagine um Hrih sobre um disco de lua em seu coração e imagine as sílabas Om mani padme hum girando no sentido horário. Esse é o samadhisattva.

Com a recitação de Om mani padme hum, imagine que os budas e bodisatvas das dez direções e todos os sugatas dos três tempos, da natureza do Grande Ser Compassivo, caem incessantemente sobre você e sobre todos os seres sencientes como flocos de neve. Essa é a dissolução dos jnanasattvas.

Com respeito aos fenômenos como sendo a exibição do corpo divino, pense no meio externo e nos seres que o habitam como sendo o Grande Ser Compassivo, da mesma forma como imaginou a si mesmo. Com respeito aos sons como a exibição da fala divina, imagine-os como os sons das seis sílabas. Com respeito às memórias e pensamentos como a exibição da mente divina, reconheça-os como a sabedoria primordial auto-originada, a união das aparências com a vacuidade. Você obterá maestria sobre a realidade do um só sabor das muitas exibições dos fenômenos do corpo, fala e mente divinos, que transcendem o intelecto. Esta sadhana, que é como uma jóia que realiza desejos, deve ser ensinada como um Darma público para todos os seis tipos de seres. Quando o mentor espiritual pai e seus filhos espirituais colocam suas coroas, eles o oferecem como Darma público. (AW: ref. ao Karmapa e seus discípulos).

Estes versos anotados pelo Senhor Könchok Yenlak foram recebidos por Raga Asey (AW: ele mesmo) mais de quarenta vezes de seu mentor espiritual pai e seus dois filhos espirituais, e portanto contêm bênçãos extraordinárias.

Gere a aspiração de atingir a suprema iluminação
E [imagine] sua consciência como a sílaba branca Hrih.
Raios de luz branca são emitidos,
purificando as ofensas e os obscurecimentos de todos os seres sencientes.
O universo externo é uma palácio e seus habitantes são deidades.
Os raios de luz são reabsorvidos e dissolvem no Hrih.
Sobre um assento de lótus, sol e lua
A sílaba Hrih dissolve-se em luz,
Que se transforma dentro de você no Grande Ser Compassivo.
A cor de seu corpo é branca, e você tem uma face.
Como uma flor de lótus desabrochando, você sorri radiantemente.
As tranças de suas mechas de cabelos estão presas,
adornadas com uma coroa de cinco substâncias preciosas
E um diadema de seda.
As primeiras de suas quatro mãos estão unidas em seu coração.
A mão direita inferior segura um rosário de pérolas,
E a esquerda segura um lótus.
Você está belamente adornado com um ornamento na garganta,
Três tipos de laços e gargantilhas de várias substâncias preciosas.
Você é luminoso, sem obscurecimentos internos ou externos.
Você está sentado com ambas as pernas cruzadas.
Vários raios de luz resplandecem.
Essa é a natureza do samayasattva.
Sobre um disco de lua em seu coração
As seis sílabas giram em sentido horário
Em torno da sílaba branca Hrih.
Esse é o samadhisattva.
Pelo poder da recitação verbal de
Om mani padme hum
Todos os Sugatas dos três tempos
Assumem a natureza do Grande Ser Compassivo
E dissolvem dentro de você como gotas de chuva.
Esse é o completamente perfeito jnanasattva.
O universo inteiro e todos os seus habitantes se tornam a deidade.
Os fenômenos são a exibição do corpo divino.
Todos os sons e vozes são as seis sílabas,
Os sons são a exibição da fala divina.
A mente é a união auto-surgida,
E memórias e pensamentos são a exibição da mente divina.

A prática transmitida pelo Lama Alan Wallace está neste link.

A Spacious Path to Freedom, pág 49 a 53
Podcast 70 Retiro de 2013 Practice of Stage of Generation of Avalokitesvara