Nós podemos receber as Quatro Iniciações logo após a recitação da Prece das Sete Linhas e de um mala de mantra do Guru, ou durante a recitação do mala, contando 27 mantras para cada uma das Quatro Iniciações.

Seja como for, sustente a imagem de Guru Rinpoche na sua frente, como se realmente ele estivesse ali – e ele está realmente ali.

De uma sílaba OM do topo da cabeça de Guru Rinpoche, é emitida uma luz branca, uma silaba OM branca de onde sai uma luz branca, do topo da sua cabeça. Essa luz entra pelo topo da sua cabeça, permeando todo o teu corpo, purificando todos os carmas negativos de corpo. Essa é a Iniciação do Vaso.

Então de uma sílaba AH vermelha, da garganta de Guru Rinpoche, é emitida uma luz vermelha, que atinge a sua garganta, purificando todos os carmas negativos de fala. Essa é a Iniciação Secreta.

E agora de uma sílaba HUNG do coração de Guru Rinpoche, sai uma luz azul na direção do seu coração, purificando todos os carmas negativos de mente.

Essa é a Iniciação da Sabedoria, ou do Conhecimento Transcendente.

E agora de uma sílaba HRI vermelha, no umbigo de Guru Rinpoche, sai então uma luz vermelha na direção do seu umbigo, purificando todos os carmas negativos de corpo, fala e mente, e todos os obscurecimentos cognitivos.

Essa é a Iniciação da Palavra Preciosa.

* Alternativamente, a quarta iniciação pode ser recebida visualizando que, simultaneamente, dos três pontos de Guru Rinpoche, as luzes branca, vermelha e azul são emitidas e atingem os seus três pontos.

E agora imagine então Guru Rinpoche, indivisível da mente de Samanthabadra, sobre o topo da sua cabeça olhando na mesma direção que você. Ele então se transforma em luz e essa luz entra pelo topo da sua cabeça e preenche todo o seu corpo e você mesmo se torna indivisível de Guru Rinpoche. Guru Rinpoche se torna indivisível do seu próprio corpo, da sua fala e da sua mente. Repouse por uns instantes.

* Esta prática foi ensinada pelo Lama Alan Wallace em Phuket, no retiro Shamatha, Vipashyana, Dream Yoga, and the Experience of Pristine Awareness in the Great Perfection Tradition of Tibetan Buddhism, no dia 26/ago/2014, como uma prática inicial, que não requer iniciação ou transmissão.